Diversidade nas empresas: conheça os benefícios dessa ação

Nos últimos dias a discussão sobre a ausência de pessoas negras em altos cargos corporativos tomou conta das redes sociais. Algumas pessoas fizeram textos procurando justificativas e outras adotaram um tom de horror. 

Mas qual a razão de todo esse alvoroço?  A Amplifica Digital reuniu dados e argumentações sobre o atual cenário racial nas empresas brasileiras e qual a importância de uma organização realmente diversa. Boa leitura! 

Quem são os negros do Brasil?

O Censo Demográfico realizado pelo IBGE classifica as pessoas segundo a cor ou raça, que é autodeclarada de acordo com as seguintes opções: branca, preta, amarela, parda ou indígena. Segundo o último Censo do IBGE, 54% da população brasileira é negra. Dos 209,2 milhões de habitantes do país, 19,2 milhões se assumem como pretos, enquanto 89,7 milhões se declaram pardos. 

Configurando assim como a maioria da população, é de se estranhar que esse número não seja refletido nas instituições. Algumas lideranças do movimento negro convidam a população a fazer o “Teste do Pescoço”, que é, basicamente, olhar a sua volta em ambientes de “elite” ou de poder e verificar quantas pessoas negras estão ali e quais posições ocupam. 

Qual o cenários dos trabalhadores negros?

Mesmo com acesso ao ensino superior, a população negra tem uma menor inserção nas vagas de trabalho bem remuneradas se comparada com a população branca. Exemplo disso é que um trabalhador branco sem instrução/com ensino fundamental incompleto tem rendimento-hora maior que o de um trabalhador negro com a mesma escolaridade. Quando comparamos trabalhadores com ensino superior, esse diferencial é ainda maior.

Se no primeiro caso o trabalhador branco tem remuneração 1,29 vezes maior que o de um negro, no último caso o trabalhador branco tem remuneração 1,44 vezes maior. A situação é mais grave para as mulheres negras que recebem o menor salário pela execução de um  mesmo trabalho se comparado com o de uma mulher branca ou um homem negro. 

Rendimento médio real do trabalho principal habitualmente recebido por mês pelas pessoas de 14 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, segundo características selecionadas – 2019, 2016, 2013

 Ainda segundo dados da última pesquisa realizada pelo IBGE, 47,3% das pessoas pretas ou pardas com alguma ocupação, estavam em trabalhos informais. Entre os brancos, o percentual de pessoas em ocupações informais era menor: 34,6%. Atualmente, os negros ocupam apenas 4,9% das cadeiras nos Conselhos de Administração das 500 empresas de maior faturamento do Brasil. Entre os quadros de executivos, eles são 4,7%. Na gerência, apenas 6,3% dos trabalhadores são negros. Pretos e pardos são maioria no mercado de trabalho somente entre aprendizes e trainees –  57% e 58% dos trabalhadores, respectivamente.

A importância da diversidade nas empresas 

Estamos em um mercado cada vez mais globalizado, e a diversidade nas empresas vai além do respeito e da aceitação das diferenças e não é apenas um programa social. Uma empresa com representatividade tem mais oportunidades de se destacar no mercado de trabalho e alcançar melhores resultados. 

Quando falamos em diversidade não tratamos apenas de  cor/raça, mas colocamos nessa afirmação os profissionais de todas as idades, etnias, orientações sexuais, classes sociais, gêneros, deficiências, religiões, culturas e outras categorias.

Ao colocar no mesmo espaço pessoas com vivências totalmente diferentes, a sua empresa terá mais chances de criar soluções e produtos inovadores. Uma equipe diversa é capaz de oferecer à organização um universo de oportunidades para desenvolver novos conhecimentos.

Do ponto de vista da equipe, quando a empresa consegue ser inclusiva, nos mais diversos aspectos, isso garante maior facilidade para que as pessoas enxerguem os objetivos que realmente importam. Isso porque diferentes visões cobrem muito mais ângulos e geram mais oportunidades. Além disso, as chances do cliente final se identificar com a empresa será bem maior, graças à diversidade de rostos, corpos e experiências com que ela é formada. 

Veja alguns outros benefícios da diversidade no ambiente empresarial

Aumento da criatividade organizacional

Proporcionando um espaço onde as diferenças são valorizadas, as equipes de trabalho terão maior liberdade para expressar a genuinidade e autenticidade de seus integrantes. Contribuindo assim para a originalidade das performances. O ambiente diversificado da empresa propicia o desenvolvimento de novos conceitos e ideias entre os colaboradores.

Inovação constante 

Como resultado do aumento da criatividade organizacional, surge um dos fatores mais importantes para o sucesso da empresa: a inovação.  A diversidade nas empresas é um dos principais motores da criação de um ambiente inovador.

Redução de conflitos

Por existir uma política saudável de convivência e respeito entre as diferenças, as equipes e, principalmente, seus integrantes terão mais facilidade para lidar com as discordâncias que possam surgir durante as atividades. 

Melhor imagem da empresa

Ao manter e valorizar a  diversidade, sua empresa estará cumprindo seu papel social, de extrema importância para a construção de uma boa imagem. Em outras palavras, se uma empresa quer ser bem valorizada, deve adotar uma atitude consciente e responsável para com a sociedade como grupo. Além dos outros benefícios apontados, diversificar o seu quadro de funcionários servirá ainda como marketing para a sua empresa.

Diminuição da rotatividade de funcionários

A rotatividade tende a diminuir à medida que o clima organizacional é mais harmonioso. Isso porque os colaboradores começam a enxergar um lugar de desenvolvimento na empresa, tanto pessoal quanto profissional. São altos os custos com treinamento de novos funcionários e gastos associados às dispensas, sem falar nas despesas com novos processos seletivos. Diversificando sua equipe, você também contribui para diminuir custos enquanto melhora os resultados. Sendo assim, diversifique a sua equipe! 

Alcance de melhores resultados

A consequência dos benefícios citados até agora não poderia ser outra coisa senão a obtenção de melhores resultados gerais. Em um espaço onde a diversidade é promovida, a empresa oferece um ambiente amigável, colaborativo e estimulante. 

Os profissionais sentem-se mais motivados e envolvidos na realização de suas tarefas. Ao aumentar a qualidade de vida dos colaboradores, não há dúvidas de que as tarefas serão realizadas de maneira mais eficaz.

Visto isso, podemos concluir que a diversidade nas empresas é benéfica para todas as partes, pois tanto os colaboradores quanto os empregadores só têm a ganhar.

Como criar um programa de diversidade na empresa?

Um programa de diversidade inclui uma série de diretrizes que deverão ser seguidas não apenas pelo setor de RH como também pelos demais departamentos da empresa. O foco do documento é estabelecer normas para potencializar a inclusão em seus processos seletivos e demais contratações, como a de fornecedores.

Esse é um passo importante para colocar a diversidade no ambiente de trabalho em pauta. Esse tipo de discussão não pode ficar apenas na conversa, necessitando de ações efetivas que se concretizem e incentivem uma maior diversidade em seus processos.

Reveja seus processos seletivos

Desejar uma maior diversidade em seu processo seletivo é um ótimo primeiro passo para almejar a diversidade no ambiente de trabalho. No entanto, por mais que a sua organização não discrimine as pessoas diretamente, é preciso rever como esse processo acontece do começo ao fim.

Não se trata apenas de eliminar traços de discriminação. Também é preciso aplicar ações que incentivem a inclusão de quem talvez não se sinta atendido pelo processo seletivo até então.

Ouça seus colaboradores

Um processo com foco em pessoas deve reservar tempo e espaço para que elas sejam ouvidas. Crie uma via de comunicação transparente em sua empresa para que as suas equipes possam participar ativamente do seu processo de inclusão.

Além de permitir ter contato com ideias mais diversas a respeito desse projeto, você também deixará nítido para os seus profissionais que se preocupa com a opinião deles. Tudo isso será positivo para um resultado de mais diversidade em seus processos.

Faça comparações produtivas

Mesmo depois da implementação de um programa de inclusão, você precisa continuar trabalhando a favor da diversidade em sua empresa. Isso significa fazer comparações constantes para ter certeza de que os seus esforços estão realmente gerando efeitos positivos.

Comparar um índice de diversidade começa simplesmente contando quantos profissionais do seu time se enquadram em classificações de minorias. Ao longo do tempo, o objetivo é ver esse índice aumentar.

O que você está esperando? Prepare sua empresa para receber esses talentos! 

Quer melhorar a performance da sua empresa? A Amplifica Digital pode ajudar você!

Leia também:

Black influence: O poder dos influenciadores negros

Arquétipo econômico : Em qual sua empresa se encaixa?

Dia internacional da Mulher: a publicidade representa nossa diversidade?

Privacidade