O marketing on-line irá destruir o marketing off-line?

 Houve uma popularização dos smartphones, e consequentemente das redes sociais.

O mundo hoje funciona de forma digital.  O marketing on-line ganhou força e levantou  a questão se esse é o fim do marketing off-line.

 Segundo Philip Kotler, em seu livro Marketing 4.0  do Tradicional ao Digital, ainda não chegou o fim do antigo marketing. Pelo contrário, temos a cultura da convergência, onde as velhas e novas mídias colidem e devem se unir para manter o poder de negociação. 

  Trabalhar com marketing é, sobretudo, trabalhar com mudanças. O mercado está em constante evolução, assim como os consumidores. 

Como se caracteriza a massa consumidora e como é influenciada? 

  Atualmente, a maioria dos consumidores pertencem a classe média ou emergente. São jovens com grande mobilidade (e por isso preferem poupar tempo), que desejam consumir e têm recursos para isso, ou seja, um prato cheio para os profissionais de marketing. 

 Porém esses clientes não são mais passivos e fáceis de serem  manipulados, visto que, possuem uma conectividade com outros consumidores, trocam entre si experiências e opiniões sobre as empresas. Essas informações valem mais para esse público do que propagandas pagas.

Os consumidores são influenciados por três fatores: 

  1. Comunicação de marketing em diferentes mídias (redes sociais, televisão, anúncios impressos e ações de relações públicas).
  2. Opinião de amigos e familiares.
  3. Bagagem de conhecimento e sentimentos que possuem baseada em  experiências prévias com determinadas marcas.

A partir disso é reforçado a idéia de criar uma propaganda boca a boca, para que aumente o número de defensores da marca, fazendo assim que a decisão de compra penda a favor dela. 

Existem três categorias amplas de clientes, segundo suas atitudes em relação à marca:

  • Promotores: Que recomendam a marca
  • Passivos: Aqueles que são neutros e geralmente não opinam.
  • Detratores: Que dificilmente recomendarão a marca.

Uma marca que tenha personalidade forte provavelmente será impopular em algum segmento do mercado. De certa forma, essa impopularidade pode também servir de propaganda, pois colocará a empresa em rodas de conversa deixando-a mais conhecida. 

Não é possível agradar todo mundo, o que se pode fazer é ter uma boa equipe de marketing e assim formar um exército de defensores da marca no mundo on e off. 

Enfim, dificilmente haverá uma real destruição do marketing off. Portanto, a resposta é interligar elementos on-line e off-line para atrair o seu cliente e manter a competitividade da sua empresa.

Para mais textos acesse nosso blog. 

Até logo!

Privacidade