Pular para o conteúdo
Blog Vendarketing: dicas para usar no seu dia a dia

Vendarketing: dicas para usar no seu dia a dia

  • Blog

Chegou a hora de acabar com os atritos entre marketing e vendas. É preciso unir as duas equipes e estratégias para alcançar melhores resultados para sua empresa.

Os conflitos entre marketing e vendas geralmente acontecem porque, em muitas empresas, é enorme o abismo entre as áreas. As entregas de um e outro nem sempre são nítidas e cada um trabalha em seu departamento, sem nenhum tipo de conexão, parceria ou a menor noção de como o trabalho desses dois departamentos são interdependentes.

O problema disso é que toda a informação fica perdida, e os resultados finais da empresa acabam sendo prejudicados. Sem um bom posicionamento de marketing, a empresa não consegue alcançar e atrair mercados fora de sua influência atual. Ao passo que, sem um bom posicionamento em vendas, as chances de fechamento (ou de retenção) de um cliente diminuem consideravelmente.

Por esse motivo, falaremos hoje sobre vendarketing, uma estratégia que resolve essas questões. Boa leitura! 

O que é Vendarketing?

Vendarketing é uma versão em português para o termo “smarketing” e como o próprio nome indica, essa estratégia é a junção de Vendas e Marketing. É preciso que essas duas áreas estejam em sintonia dentro de uma empresa para evitar perda de faturamento.

Grande parte desse alinhamento se baseia na troca de informações entre Marketing e Vendas. Afinal, se não há compreensão mútua do que cada um faz, fica muito difícil traçar metas e persegui-las. Reuniões constantes e confluência de objetivos são alguns dos fatores que fazem com que essa união seja verdadeira e traga resultados todos os meses.

Como e por que investir em vendarketing?

Estruturar a integração entre Vendas e Marketing não é uma tarefa tão simples. Mas entender que a comunicação deve ser a chave para as soluções e não o problema, é o caminho.

Como e por que investir em vendarketing?

 

Veja algumas dicas de como fazer Vendarketing 

Realize reuniões conjuntas 

O primeiro passo para começar a aproximar marketing e vendas é fazer reuniões conjuntas. Comece colocando um membro do marketing (preferencialmente um coordenador ou analista) em algumas reuniões de resultados de vendas, assim como um membro do setor comercial para participar de reuniões de resultados de marketing.  

Além disso, em reuniões de discussão de estratégia, também pode ser interessante ter alguns convidados do setor vizinho. Afinal, a estratégia vai impactar ambos os times, certo? Logo, todos podem contribuir com boas ideias. 

Crie metas alinhadas  

Como o trabalho de um setor depende do outro, é muito importante que as metas de marketing e vendas estejam alinhadas. Isso significa que, o marketing precisa gerar leads o suficiente para que as metas de vendas possam ser atingidas. Da mesma forma, vendas precisam ter metas realistas de acordo com a quantidade de leads que o marketing é capaz de gerar. 

Tenha um SLA 

Uma boa forma de esclarecer as responsabilidades de cada time é criar um SLA (Service Level Agreement ou Acordo de Nível de Serviço). O SLA é um documento que determina as atribuições de cada time.  

O SLA estabelece regras, momentos de passagem de bastão e os entregáveis em cada ponto de contato entre os times. Isso evita atritos, como quando um setor culpa o outro pelo não atingimento de resultados. 

Existe um funil de vendas baseado em um SLA, veja: 

Funil de Vendas – SLA

 

Abra o acesso aos dados de ambos os setores

Além de verificar dados em reuniões periódicas, é preciso transparência para que membros de ambos os setores tenham acesso a informações importantes. Você pode criar painéis de indicadores e compartilhá-los com os times, por exemplo. 

O marketing precisa saber o destino dos leads que foram repassados para o comercial. Já o comercial precisa saber como anda a geração de leads, pois é a fonte de seu trabalho. 

Adote um funil ponta a ponta

Outro ponto importante sobre o vendarketing é que, os times não podem se limitar a acompanhar funis individuais de cada setor. 

Não basta um funil de marketing e um funil de vendas, é preciso criar um funil ponta a ponta que acompanhe o lead da captura até o pós-venda.  

Use a tecnologia a seu favor 

Softwares de automação de marketing separados do CRM de vendas não são de muita serventia. Alguns até integram um ao outro através de APIs, mas isso não é o ideal. Primeiro, porque essa opção costuma estar presente apenas em planos mais caros. Segundo, porque o sistema está muito mais sujeito a bugs e perda de dados. 

Para finalizar, é importante ressaltar que quanto mais rápido você implementar o Vendarketing nas suas estratégias, mais rápido verá o melhor aproveitamento de oportunidades antes perdidas. 

Gostou desse conteúdo? Temos bem mais no nosso site!

Conheça nossas redes sociais

 

Marcações: