Pular para o conteúdo
Blog Efeitos do feedback mal dado na performance da sua empresa

Efeitos do feedback mal dado na performance da sua empresa

  • Blog

Para ter sucesso como vendedora, uma empresa precisa ter muito mais que produtos e processos de qualidade: é preciso ter alma. Essa alma é o conjunto de vivência, pensamento e talento dos seus colaboradores. 

Quando falamos de feedback alguns líderes já pensam nos clientes, mas é preciso lembrar que nosso primeiro público são nossos colaboradores. Quando seu funcionário acredita na sua empresa ele se empenha mais nas suas funções e como consequência torna-se um defensor da sua marca.

Dar um feedback de maneira bem elaborada e cuidadosa é importante. Diversos fatores podem afetar a performance dos resultados na empresa, porém, um deles afeta todos os times, inclusive os clientes: um feedback mal dado.

O efeito mais conhecido é a desmotivação, todavia o mais custoso é certamente o retrabalho muitas vezes causado pela mensagem do remetente não chegar ao destinatário da forma que deveria. 

Um exemplo quase corriqueiro para quem trabalha com criativos, é a mesma tarefa ir e voltar diversas vezes por pouca especificidade por parte do revisor.

Neste artigo falamos sobre o que é,  os efeitos do feedback mal dado, que afeta desde as relações interpessoais até o resultado de entregas, passando por formas de se evitar que estes atritos aconteçam.  

O que é um feedback?

O termo feedback é usado no meio empresarial para nomear o retorno que se tem em relação a algum comportamento ou a alguma tarefa realizada por um profissional. Esse retorno pode ser tanto positivo quanto negativo, porém, quando feito de maneira correta, pode trazer diversos benefícios para os colaboradores de uma organização.

O feedback é, basicamente, o ponto de partida para desenvolvimento profissional e pessoal. Através dele podemos enxergar falhas que não enxergamos facilmente ou até mesmo nos motivar em relação a algo.

O que é um feedback negativo mal dado?

Geralmente consideramos como um feedback negativo mal dado aqueles que são focados apenas na personalidade e não nas ações, além de não haver dados que comprovem os fatos. Na maioria dos casos são baseados totalmente em opiniões, sentimentos ou percepções do gestor. Além disso, costumam ser ausentes de exemplificações, detalhamentos ou possíveis soluções.

Em casos mais graves, ele pode ser fornecido em um tom mais rude, com linguagem autoritária ou até mesmo intimidante. Esse é um modelo de feedback negativo que não traz diálogo e humanização, dificultando a criação de vínculos de confiança entre as partes. Também não acompanha evidências ou exemplificações construtivas que possam ilustrar os pontos de desenvolvimento.

Consequências de um feedback mal dado

Uma cultura pautada em feedback mal dado traz algumas consequências ruins para as organizações, entre elas podemos citar: 

  • Aumento da taxa de rotatividade de pessoal (turnover)
  • Diminuição da motivação da equipe;
  • Maior clima de insatisfação interna;
  • Atraso do alcance das metas;
  • Refação de trabalho e planos de ação;
  • Dificuldade de uma boa comunicação

Como dar feedback positivo e negativo?

Como dar feedback positivo e negativo? 

Como apontamos anteriormente, não saber como dar um feedback pode, mesmo que indiretamente, abalar os objetivos da sua empresa. E a pressão para o encarregado de passar para frente o feedback é tão grande quanto a pressão de quem o recebe.

Para que você saiba tirar o melhor proveito dessa prática, aqui damos algumas dicas para dar e receber feedbacks positivos e negativos, independentemente do grau de hierarquia. Veja:

Comece pelos pontos positivos

Essa regra básica consiste em enaltecer os pontos positivos logo de início. Essa abordagem busca predispor o ouvinte para os pontos negativos, ao mesmo tempo em que minimiza a tensão.

Deixe de lado generalizações 

Nada de começar sentenças com “eu ouvi dizer”, “parece” ou “acho que”. Para que o feedback se mantenha no campo objetivo, é essencial fundamentar a conversa com exemplos práticos de erros de conduta que o indivíduo questionado tenha cometido.

Escolha o local apropriado

Normalmente, o feedback negativo tem como contexto um local onde líder e colaborador possam conversar sem interferência e ninguém por perto. Já os feedbacks positivos também podem ser feitos desta forma.

Saiba falar, mas esteja disparado escutar

É importante que o receptor do feedback saiba escutar, além disso, em vez de gastar energia tentando justificar todo e qualquer ponto do feedback, é imprescindível que ele ouça e discuta com quem está dando o retorno, levando em consideração as evidências de cada ponto.

Isso ocorre porque o feedback tem o propósito de desenvolvimento, e para se desenvolver, não basta apenas ouvir e saber o que tem que melhorar, mas é essencial trabalhar duro pelas mudanças e melhorias. Independentemente do quão alto seja seu nível hierárquico, essa postura é fundamental.

Gostou dessas dicas? Acesse mais estratégias na nossa seção de materiais ricos. Clique aqui! 

Conheça nossas redes sociais: LinkedIn, InstagramFacebook , Spotify 

Peça um orçamento à Amplifica Digital! 

 

Marcações: