Nativos Digitais, influência dos jovens no marketing digital 

Os jovens, assim como as mulheres e os netizens fazem parte do JMN, que são os segmentos mais influentes na era digital.

A infância High-tech , babynautas ou mesmo cyberkids, nasceu, e se desenvolveu em um período de  transformações tecnológicas. Geralmente, não conseguem pensar em um planeta sem internet. Se sentem muito à vontade ligando a televisão, celular, mexendo na internet e ao mesmo tempo ouvindo música. 

Graças ao meio que nasceram eles adquiriram habilidades e competências que as gerações anteriores não possuíam. Para eles a separação entre o real e o virtual é imperceptível. 

Possuem a capacidade de realizar múltiplas tarefas, e não se amedrontam diante dos desafios vindos com a tecnologia da informação e da comunicação (TIC). Pelo contrário, gostam de experimentar as possibilidades oferecidas pela inovação digital.

  Os jovens definem as tendências para os mais velhos, em campos como a cultura pop, arte, esporte, moda e tecnologia. Pois, os mais velhos não têm tempo de acompanhar as mudanças. Por várias questões não aprofundadas aqui, muitos desses  jovens fazem parte da geração “nem-nem” , ou seja, não estudam e não trabalham, portanto, possuem mais tempo livre.

 O número da população jovem vem crescendo e a maior parte vive em países menos desenvolvidos. Esses jovens possuem sonhos e enfrentam desafios para realizá-los. Os profissionais do marketing digital  precisam identificar e oferecer possíveis soluções para esses problemas.

 Com esse cenário atual, as empresas precisam se reorganizar para vender para esse público. Além de serem grandes influenciadores, existem outras características sobre a atuação dos jovens no meio econômico. Kopler em seu livro, Marketing 4.0 do tradicional ao digital, aponta algumas definições : 

  • Adotantes Iniciais:

Eles não têm medo de experimentar! Testam produtos novos e usam serviços inovadores que os segmentos mais velhos acham muito arriscados. 

  • Definidores de tendência: 

São ágeis em identificar e seguir aquilo que será tendência. Às vezes os profissionais de marketing não conseguem acompanhá-los, mas um benefício é que eles com certeza irão direcionar para onde deve ser feito seu marketing.

  • Agentes de mudança:

 Reagem mais rápido às transformações que estão correndo no mundo, e têm facilidade  para adaptar os avanços tecnológicos para a sua rotina. 

Se a sua empresa quer influenciar os clientes, e assim manter a competitividade , convencer os jovens é um passo extremamente importante. 

Para mais textos, acesse nosso blog!

Até logo!

Privacidade