Xiaomi pode lançar máscara inteligente em breve

A Xiaomi é conhecida aqui no Brasil por seus smartphones com tecnologias avançadas. Porém, vem mostrando que esse não será o único nicho que pretende investir futuramente. Em 2019 a empresa chinesa lançou o seu primeiro veículo. Entretanto, uma patente revelou que a marca pode estar trabalhando numa máscara inteligente capaz de coletar dados em tempo real.

Recentemente a “Abacus” noticiou que a máscara será capaz de medir até a porcentagem de poluição que a pessoa absorveu. A medição será contada a partir do tempo de uso da máscara.

Como funciona:

A máscara funciona através de uma bateria que mantém o sistema funcionando. Além de tudo, será permitido transmitir dados coletados via bluetooth, infravermelho ou NFC. Outro fator, é que a máscara será capaz de analisar o ar do ambiente, determinando sua qualidade. Assim, será importantíssimo em países como a própria China, que possui casos graves com poluição.

Usada na crise do Coronavírus

Ultimamente muitas notícias surgiram sobre a epidemia do Covid-19 (Coronavírus). Inclusive por conta do vírus, houve falta de máscaras em regiões da China e Ásia.  Entre tudo, a máscara também seria usada para ajudar tanto os profissionais de saúde, como cidadãos normais a circularem entre as áreas de risco. Outra característica que torna a máscara ainda mais interessante, é que ela seria capaz de obter dados sobre vírus e até mesmo como as doenças se espalham pelo ar. 

Tudo indica que o processo de desenvolvimento já estaria em estado avançado, já que o design do produto, foi arquivado em junho de 2016. Porém, a Xiaomi tem razões para achar que teria uma alta demanda para a máscara. Atualmente muitas fábricas estão fechadas (por conta do vírus), mas a queima de carvão e outras atividades industriais estão cobrindo Pequim e tornando o ar cada vez mais poluído e irrespirável. 

Privacidade