Human Experience: a importância de focar na experiência humana

Hoje nossa conversa será sobre Human Experience, ou seja, uma criação de experiências centradas nas pessoas. Nesse método, as empresas abandonam o hábito de tratarem as pessoas apenas como usuários ou consumidores, e passam a tratá-las como seres humanos, respeitando suas emoções e sentimentos para além do consumo. 

No nosso texto “ 6 atributos humanos que irão fortalecer sua empresa”, nós já apontamos os benefícios de adotar uma postura mais humanizada nas negociações. 

Mas o que isso muda nas suas estratégias de marketing? 

Estamos tão ligados à tecnologia que às vezes esquecemos que é o ser humano que está por trás disso tudo. São os seres humanos que recebem os anúncios e conteúdos que a sua empresa compartilha. 

Dessa forma, era previsível que o conceito de Human Experience ganhasse força. Visto que a intenção por trás desse conceito é aproximar marcas e consumidores, a partir da essência humanas que muitas vezes é perdida no mundo digital. 

Em meio ao distanciamento causado pelo novo coronavírus, no qual nos sentimos sozinhos, sem tempo para socializar, o conceito de Human Experience faz muito mais sentido, pois busca reconectar o ser humano à sua essência. 

Qual a diferença entre Human Experience, User Experience e Customer Centric?

A diferença é fácil de ser apontada, o User Experience  são as interações dos usuários com interfaces e produtos digitais orientam o seu desenvolvimento para entregar valor ao público (mais usado em design e TI). É orientado por uma mentalidade centrada no usuário (User Centric). Já o Customer Experience são as estratégias de marketing e relacionamento que visam criar uma experiência valiosa para os consumidores nos pontos de contato com a marca (mais usado em marketing). É orientado por uma mentalidade centrada no consumidor (Customer Centric). Agora o conceito de Human Experience propõe que as empresas sejam Human Centric. Isso significa centrar as estratégias nos seres humanos, porque eles não apenas usam ou consomem produtos — eles simplesmente vivem. E as marcas e produtos são apenas um dos elementos da sua vida. Além disso, o Human Experience engloba não apenas as pessoas que estão do lado de fora, mas também os colaboradores e parceiros que fazem parte da empresa. 

Entenda quais são os pilares de Human Experience

A partir da perspectiva do conceito de Human Experience, são estes os pilares que você deve levantar em sua empresa:

Propósito

Em primeiro lugar, delimite o seu propósito. O propósito é o que dá sentido às suas ações. Em outras palavras é aquela sensação de que somos parte de algo maior e de que somos importantes para isso. Com um propósito bem definido, a sua empresa irá engajar colaboradores, clientes e consumidores.

Empatia

Empatia é a capacidade de entender o mundo aos olhos de outra pessoa. É um exercício de se colocar no lugar do outro para reconhecer as suas dores, sentimentos e emoções, sem qualquer julgamento. Através dela a sua empresa se recusará a fazer ou compartilhar conteúdo que seja racista, homofobico ou xenofobico, por exemplo. 

Autenticidade 

Para a maior parte das empresas, assumir sua autenticidade é um desafio. Em geral, elas querem mostrar que são perfeitas, sem falhas, porque isso poderia prejudicar sua reputação no mercado. Mas sabemos que marcas são feitas por pessoas, e pessoas erram e acertam, tem posições e opiniões.

Por isso, as empresas autênticas são aquelas que sabem lidar com as suas vulnerabilidades. Assim, elas se tornam mais humanas e despertam a identificação das pessoas, porque a imperfeição é um traço de humanidade.

Reciprocidade

Por serem seres sociáveis, as pessoas gostam de se sentirem aceitas e valorizadas pelos outros. Quando se manifestam, gostam de ser ouvidas. Quando amam, gostam de ser amadas de volta. Por isso, a reciprocidade também é importante no Human Experience.

Aplique Human Experience em seu negócio

  • Incorpore o propósito e os valores da marca no dia a dia
  • Crie uma cultura de aceitação do erro
  • Entenda as necessidades humanas
  • Respeite o momento das pessoas
  • Crie espaços de cuidado e acolhimento

Com este passo a passo você irá implementar o Human Experience em seu negócio. Com isso, além de melhorar um pouco a vida das pessoas que tem uma ligação com a sua empresa, você irá obter lucro ao gerar mais leads e fidelizar os seus clientes.

Espero que você tenha aproveitado esse conteúdo.

Para mais dicas, acesse nosso blog!

Até logo! 

Privacidade